sábado, 12 de outubro de 2013

A humildade burra

Este vídeo foi gravado no primeiro exercício prático do Curso de Oratória com Ênfase em Apresentações realizado no período de 7 a 11 de outubro de 2013, no auditório da Totvs Joinville.

Veja, agora, este segundo vídeo gravado após 16h de treinamento e confira a mudança.

Foram cinco noites com um grupo de 18 profissionais da empresa. Sem exceção, todos tiveram surpreendente evolução e tornaram-se oradores ainda mais qualificados.
Há um ditado milenar que diz: "A primeira impressão é a que fica". Minha experiência como professor de oratória desde o fim da década de 1970 só vem confirmando o contrário. A última impressão é a que fica!
Não há dúvidas que numa apresentação em público um mal começo pode pôr tudo a perder. E não são poucas as mancadas de palestrantes, oradores que começam colocando suas plateias numa situação de rejeição. No entanto, vamos começar de trás para frente.

A líder Maria Silva de Souza, eleita pelos colegas "Melhor Oradora" da turma no Curso de Oratória com Ênfase em Apresentações, realizado no auditório da Totvs Joinville, no período de 7 a 11 de outubro de 2013, diz que vai recomendar o curso para amigos. "Tive a oportunidade de participar de um curso ministrado por um profissional capacitado que nos ensinou técnicas atuais e foi claro nas orientações e correções".

Suponha que você tenha realizado uma excelente apresentação numa palestra, curso ou discurso, com tal desempenho que o grupo que o assistiu decidiu presenteá-lo. Já vi oradores performáticos deixarem uma péssima e última impressão neste momento.
Primeiro, porque quem dá e quem recebe o presente quase sempre o faz de forma inadequada com seus posicionamentos. Fotógrafos e cinegrafistas ficam desesperados tentando captar aquele momento da entrega do presente, do aperto de mão. Ou aquele instante em que os dois estão sorridentes e o presente à mostra.
Se os profissionais que estavam lá para registrar esse momento não conseguiram, imagina a frustração da plateia que prestou a homenagem e também não pode desfrutar o instante.
O consultor tributário da Totvs Alexandre Machado, aplicando a técnica do discurso de agradecimento por ter sido eleito pelos colegas o melhor orador num dos módulos do Curso de Oratória com Ênfase em Apresentações realizado na Totvs Joinville. Ele afirma que o ensinado no curso permite evolução pessoal e profissional. "Esse aprendizado destas cinco noites levarei para o resto da minha vida, as boas técnicas de um orador".

Entre as diversas técnicas abordadas no meu curso está a de agradecimento. É neste módulo que os participantes aprendem como se posicionar para dar e receber cumprimentos ou presentes num ambiente público que os assiste.
Em ocasiões como essa, um simples "obrigado" muitas vezes é o suficiente. Todavia, um bom orador não perde a oportunidade e faz um pronunciamento final com um tempo médio de 30 segundos. É a oportunidade para coroar sua apresentação. Pode ser a cereja do bolo.
A técnica apresentada no curso atenta principalmente para a correção do que classifico como "humildade burra". Aquela em que o homenageado costuma dizer: "Eu não merecia..." ou coisa pior, como já cansei de assistir.
Meus alunos nunca mais cometerão esse sacrilégio, mas saberão valorizar, neste momento, algumas características do bom orador como a humildade, a generosidade e o reconhecimento.

A assistente administrativo Sinara Rodrigues, também foi eleita a melhor oradora de um dos módulos do curso e aplicou a técnica do discurso de agradecimento. Ela destaca que sua participação neste curso foi um dos melhores investimentos que já fez para melhorar o desempenho profissional e pessoal. "O instrutor domina totalmente o assunto e consegue passar de uma forma muito clara. As várias apresentações e a prática das técnicas por todos os participantes ajudam muito a absorver o conteúdo".

Se a última impressão é a que fica, um mal começo pode prejudicar toda a sua apresentação. E um dos erros mais frequentes é o orador iniciar com uma saudação que exija réplica. Neste caso ele atira no próprio pé e começa transformando os ouvintes numa plateia mal-educada, colocando-a contra si.
Se a plateia é de crianças das primeiras séries do ensino fundamental, qualquer visitante, ao chegar na sala e saudar com um "bom-dia" a resposta será um coro uníssono e retumbante de "BOMMM-DIIIIIIIII-AAAAAA...". Fora isso, a resposta tem tudo para ser um constrangedor silêncio.
 
Indicado pelo RH da Totvs para participar, o analista de sistemas de informação Rafael Pedro de Oliveira, também foi eleito pelos colegas o melhor orador num dos módulos do Curso de Oratória com Ênfase em Apresentações. Ele enumera o que classifica como pontos positivos do curso. "A utilização de técnicas; Apresentação das filmagens dos alunos; Os comentários feitos pelo instrutor após cada apresentação; A dinâmica do professor". E ainda conclui: "Tudo o que eu aprendi serve para toda a minha vida. Foram orientações que, com a prática, irei melhorar o meu desempenho profissional".

Assim como não se termina uma apresentação com a "humildade burra", deve-se evitar iniciá-la com saudações que exijam réplicas. E há dezenas de formas de se começar um evento com uma ótima primeira impressão. É o que também enfatizo nos meus cursos.
O evangelizador da Totvs Dagomar Roberto Müller, foi o eleito pelos colegas aquele que teve a melhor evolução como orador no período do curso. Para ele, o curso destaca a importância do planejamento das apresentações. "E tem foco na simplicidade, no básico, onde destaco as técnicas de postura corporal e comunicação e o compartilhamento da vivência em situações cotidianas e inusitadas".

Foi nesse curso que conheci um evangelizador não religioso. Nas corporações empresariais, evangelizadores são pessoas que amam o que fazem e tornam-se foco de disseminação desse conhecimento. Entre as atribuições do evangelizador está acompanhar todos os projetos, novidades e acontecimentos da empresa. É o responsável por passar a visão do futuro dela e também deve ser a pessoa chave para levar os itens relevantes gerados no menor nível da estrutura para o nível gerencial e de diretoria. Precisa se comunicar bem e ser um ótimo apresentador. Por isso o "Dago" estava no curso.

Leia mais sobre o COL (Clube de Oratória e Liderança) neste blog:
Totvs investe em arma poderosa

Os maiores medos do mundo  
Cada bunda um som  
Trânsito e liderança 
A oratória da liderança  
COL e UFPR firmam parceria para formar empreendedores   
Clube de Oratória decide parcerias com a SDR Joinville e Ajidevi 
Formar líderes e oradores é missão do COL  
Superação do medo e da inibição   
Vídeo COL ênfase política  
Vídeo COL ênfase liderança 
Vídeo "O rio que teima pela vida" 
COL forma mais 16 oradores 
Bons oradores têm melhores cargos e salários 
O maior medo do mundo tem cura 
Melhor oradora e maior evolução 
Escolas de jornalismo não ensinam oratória   
Comunicação é coisa difícil  
Golpistas são excelentes oradores 
Oratória para candidatos 
Livro com resgate histórico dos primeiros 25 anos do COL 
CEO - Curso de Especialização em Oratória com Ênfase em Liderança
Leia mais sobre o COL noutras publicações: 
JOV (Jornal O Vizinho)  
Edição 803 do JOV (IVC comemora 5 anos em parceria com o COL
Edição 802 do JOV (O TDAH e acidentes de trânsito) 
Edição 800 do JOV (COL faz parceria com a UFPR; Vídeo é liberado na internet)   
Edição 799 do JOV (Vídeo é liberado na internet; COL faz parceria com a UFPR)   
Edição 798 do JOV (Clube de Oratória & Cia Águas de Joinville)   
Edição 797 do JOV (Clube de Oratória se engaja na conscientização ambiental 
Edição 796 do JOV (Se ligue no esgoto)  
Edição 794 do JOV (Ela é a primeira)
Edição 793 do JOV (Mulher Líder)
Edição 792 do JOV
 (Advogada vai liderar Clube de Oratória)   
Edição 786 do JOV (COL faz parceria com Sindicato dos Radialistas)   
Edição 777 do JOV (O rio que teima pela vida)   
Edição 776 do JOV (Documentário ambiental em fase final)   
Edição 775 do JOV (Jovens oradores)   
Edição 769 do JOV (COL conquista patrocínio público)   
Edição 753 do JOV (COL prepara curso de oratória)   
Edição 751 do JOV (Oratória, ferramenta para o sucesso na carreira)   
Edição 746 do JOV (Conselheiros do COL discutem sucessão)  
JOI (Jornal O Joinvilense)
Edição 064 do JOI (Vídeo já está vídeo na internet; Parceria COL & UFPR) 
Edição 062 do JOI (Mulher no comando)   
Edição 057 do JOI (COL faz parceria com Sindicato dos Radialistas)   
Edição 052 do JOI (COL e IVC consagram título ao Dr. Água)   
Edição 051 do JOI (O rio que teima pela vida)   
Edição 041 do JOI (Para superar a inibição)   
Edição 038 do JOI (São Paulo deve ganhar um Clube de Oratória)   
Edição 036 do JOI (COL mobiliza líderes em defesa do MP)   
Edição 034 do JOI (COL realiza primeiro curso de oratória do ano)  
JOA (Jornal O Araquariense)
Edição 027 do JOA (UFPR e Clube de Oratória firmam parceria)  
Edição 026 do JOA (Se ligue no esgoto)   
Edição 024 do JOA  (Mulher vai liderar o Clube de Oratória) 
JOG (Jornal O Garuvense)   
Edição 073 do JOG (Público já pode acessar vídeo na internet)   
Edição 072 do JOG (COL se engaja na conscientização ambiental)   
Edição 070 do JOG (Advogada vai liderar Clube de Oratória)   
Edição 046 do JOG (Garuvense é orador premiado) 
Edição 009 do JOG (Formador de líderes e oradores

Nenhum comentário:

Postar um comentário